logo colégio cie

Jogos que podem estimular o pensamento crítico nas crianças

Crianças brincando para estimular o pensamento crítico

Já ouviu falar em pensamento crítico? Competência extremamente necessária para a vida, essa característica deve começar a ser estimulada desde cedo, a fim de que, ainda na infância, junto com os conceitos morais e éticos, sejam passadas também ferramentas que auxiliem na construção do raciocínio reflexivo.

Quer se aprofundar nesse assunto? Descubra no texto tudo sobre o pensamento crítico e conheça alguns jogos e brincadeiras importantes para estimular esse desenvolvimento. Confira!

Quero agendar uma visita ao Anglo Chácara!

O que é o pensamento crítico?

O pensamento crítico é, em sua essência, a construção autônoma de ideias acerca de um determinado tema ou ação por meio da reflexão e análise desse fato e das questões inerentes a ele.

Em seu livro “Pedagogia do Oprimido”, Paulo Freire ressalta um ponto importante para a importância do pensamento crítico: “o diálogo é uma exigência existencial. E, se ele é o encontro em que se solidarizam o refletir e o agir de seus sujeitos endereçados ao mundo a ser transformado e humanizado, não pode reduzir-se a um ato de depositar ideias de um sujeito no outro, nem tampouco tornar-se simples troca de ideias a serem consumidas pelos permutantes”.

A fala de uma das figuras mais importantes para a criação de métodos educacionais efetivos no Brasil e no mundo afora deságua na ideia de negar a reprodução de ideias, destacando a importância da reflexão das informações para a criação de um contexto mais empático e autônomo de ação.

Benefícios de estimular esse pensamento

Com o estímulo e a construção de uma linha de pensamento mais crítica, é possível notar algumas consequências importantes que são carregadas durante toda a vida (acadêmica, profissional e pessoal) e que refletem de forma positiva nesses diversos âmbitos. 

Visíveis e admirados, alguns dos benefícios da criação dessa criticidade estão ligados a algum ponto, como:

- Geração de empatia;

- Maior poder de observação;

- Autonomia intelectual;

- Capacidade de compreensão.

Trabalho entre casa e escola

Casa e escola devem sempre ser ambientes complementares, onde o que é iniciado em um pode ser trabalhado e incentivado no outro local, dando continuidade e reafirmando o que é passado, buscando estratégias para autonomia no ambiente escolar e na vida como um todo.

Em se tratando do pensamento crítico, essa premissa também é necessária para que o pensamento crítico seja estimulado em mais de um ambiente, com as situações mais diversas. Dessa forma, crianças e jovens podem trabalhar competências importantes sob os olhos dos pais. 

Quando passado o projeto pedagógico, a instituição pode até sugerir atividades saudáveis para serem estimuladas durante o período em casa. Assim, as dinâmicas são exploradas além do ambiente controlado da sala de aula e, cada vez mais, esse processo reflexivo torna-se algo natural para as crianças. 

Leia também

- Diversidade para crianças: 4 maneiras para serem trabalhadas

- Competências socioemocionais: como elas impactam o aluno?

Brincadeiras e jogos que estimulam o pensamento crítico

Tendo em vista a importância de algo tão positivo para o desenvolvimento intelectual e social de crianças e jovens, é hora de saber quais ferramentas utilizar para propor, de forma dinâmica e suave, a construção desse raciocínio crítico. Confira quatro ótimos exemplos e um bônus!

Jogo dos porquês

Quando pequenas, as crianças costumam chegar na famosa fase dos porquês, em que tudo vira questionamento. Esse é um processo importante para que seja criado um entendimento sobre o que está a sua volta, mesmo que sejam perguntas que pareçam óbvias ou bobas. Assim sendo, estimule as perguntas e busque dar respostas claras, com linguagem acessível e que faça sentido para essa criança.

Para as crianças que estão desenvolvendo sua cognição e descobrindo habilidades, tudo é novidade. Para as mais velhas, é comum o questionamento do que elas não conseguem compreender. Logo, em cada fase, há uma razão para a curiosidade, mas em todas elas é preciso estar aberto para os questionamentos, e quanto mais velhas, mais elaboradas devem ser as respostas, principalmente para oferecer informações que gerem mais perguntas, criando um ciclo saudável de questões a serem descobertas e entendidas.

Discussão de filmes

Se seu filho já é exposto a filmes e desenhos, sempre que estiver presente nesse momento, busque fazer questionamentos a serem respondidos, desde o comportamento do personagem a características emocionais apresentadas.

Dessa forma, é possível fazer com que a criança tire suas próprias conclusões e crie seu pensamento crítico acerca de algo que envolve personagens e um universo diferente e lúdico.

The Sims

O The Sims é um simulador da vida real. Trata-se de um game que permite ao jogador acompanhar o processo desde o nascimento até a resolução de problemas naquele universo. Esse é um dos principais jogos para estimular a criatividade, mas também uma ferramenta incrível para despertar gatilhos do pensamento crítico.

Isso é possibilitado por  ser um simulador que oferece diferentes ações e consequências, ou seja, a todo momento, o jovem é levado a fazer reflexões ágeis para oferecer o melhor ao seu personagem. De forma dinâmica, a tomada de decisões estimula o desenvolvimento de reflexões críticas sobre como tudo que é feito atinge, de formas diferentes, o seu personagem.

Sabendo disso e tendo ciência da faixa etária para expor a criança a jogos como esse, o The Sims pode ser um aliado, uma vez que promove atividades para desenvolver a autonomia e as competências socioemocionais.

Incentive sempre a leitura

A leitura sempre foi e será uma ponte entre o leitor e diversos conhecimentos. É a partir desse hábito que podemos nos tornar cada vez mais reflexivos e críticos acerca das situações que ocorrem à nossa volta. 

Esse é um dos melhores hábitos a ser estimulado em crianças e jovens por se tratar de uma prática que dá margem para a criatividade e por colocá-los frente a situações diversas, promovendo o pensamento crítico e analítico para que possam compreender e tentar desvendar o comportamento dos personagens.

Viu como simples exercícios podem fazer toda a diferença no incentivo ao pensamento crítico de crianças e jovens? Ao exercitarem essa competência um pouco a cada dia, crianças e jovens tornam-se cada vez mais capacitados para pensar de maneira autônoma e reflexiva para tirar suas próprias conclusões e agir da melhor maneira possível.

Quer saber mais sobre quesitos que são importantes para o crescimento dos jovens? Confira 5 exemplos de projetos educacionais que beneficiam o aluno!

5 exemplos de projetos educacionais que beneficiam o aluno

Postado porAnglo Chácara

Postado em21 de junho de 2021


Palavras chave:

Blog do Anglo

Ver todasclique para conhecer mais
receba nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba as últimas novidades por e-mail

entre em contato

Entre em contato

Entre em contato que nós iremos responder assim que possível.

Copyright © | - Todos os Direitos Reservado por

Termos de Uso|Política de Privacidade
Ligarclique para ligar